O que é terapia sexual

aspasOs transtornos da sexualidade (OMS, 1993) referem-se ao transtorno de preferência, transtorno de identidade e as disfunções sexuais. Existem fatores psicoemocionais que conduzem ou agravam alguns tipos de disfunção sexual, como a ansiedade, conceitos equivocados, eventos vitais negativos, dificuldade com a/o parceira(o) e auto-estima diminuída.

As disfunções sexuais equivalem a 95% das queixas de transtornos da sexualidade, sendo as mais discutidas nesta área, para os homens: a ejaculação prematura (ejaculação foi mais rápida que o esperado) e a disfunção erétil (incapacidade persistente ou recorrente de manter uma ereção até a conclusão da atividade sexual). Para as mulheres: desejo sexual hipoativo (desejo sexual diminuído), anorgasmia (inibição do orgasmo), vaginismo (contração involuntária que impede a penetração) e dispareunia (presença de dor durante ou após o ato sexual).

Objetivando a resolução das disfunções sexuais surgiram técnicas especificas que passaram a ser denominadas de terapia sexual. Visam orientar na forma de conduzir o ato sexual, contribui na ampliação de possibilidades e desmistifica crenças e obstáculos emocionais que possam estar impedindo a realização deste ato. A terapia sexual não se limita apenas ao desenvolvimento do desempenho sexual, mas abrange questões amplas do bem-estar, sendo o sexo mais uma parte integrante do indivíduo. aspas

Copyright © 2013 - Terapia Sexual Goiânia design goiania